Novembro Azul: saúde também é conversa de homem!

Sumário

Novembro – Mês de Combate ao Câncer de Próstata 

Desde 2003, novembro é o mês mundial de conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce das doenças que atingem a população masculina, principalmente o câncer de próstata.  

Saiba mais sobre o assunto 

A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino, localizada abaixo da bexiga. Pesa aproximadamente 20 gramas e a principal função, junto das vesículas seminais, é produzir esperma. O câncer acontece quando algum fator gera mutação no DNA das células da próstata, fazendo com que cresçam de forma anormal – esse crescimento é o que forma os tumores. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), só em 2022 são esperados 65.840 novos casos. 

Fatores de risco: 

  • Idade (mais de 60% são homens acima dos 65 anos); 
  • Etnia (maior incidência em negros); 
  • Alimentação inadequada (gordura em excesso e falta de vitaminas); 
  • Histórico familiar; 
  • Sedentarismo; 
  • Obesidade. 

Sintomas 

A fase inicial não apresenta sintomas. 95% dos tumores só mostram sinais nas fases avançadas, dificultando – e muito – a cura. Na fase avançada, a doença pode provocar: 

  • Micção frequente, principalmente à noite; 
  • Fluxo urinário fraco ou interrompido; 
  • Presença de sangue e/ou sêmen na urina; 
  • Dor óssea pelo corpo; 
  • Fraqueza ou dormência nas pernas e pés. 

Diagnóstico e prevenção 

O diagnóstico é feito pelo exame Antígeno Prostático Específico (PSA) de sangue e o toque retal. Em muitos casos o câncer de próstata é diagnosticado somente pelo exame de toque, sem apresentar nenhum outro sintoma. Mas atenção: a ausência de sintomas não é garantia de saúde!  

A força vem do cuidado, previna-se! 

O acompanhamento médico de rotina é a melhor prevenção. Homens a partir dos 45 anos (com fatores de risco) ou 50 anos (sem fatores) devem ir ao urologista anualmente. Alguns hábitos de vida também ajudam a evitar a doença, como: 

  • Ter uma alimentação saudável (frutas, verduras, legumes, grãos e cereais); 
  • Beber água regularmente (2 litros diários); 
  • Evitar exageros com bebidas alcoólicas; 
  • Dizer NÃO ao tabagismo; 
  • Fazer 30 minutos diários de atividade física

 

Com o diagnóstico precoce, as chances de cura são de 90%. 

 

SUS oferece tratamento gratuito 

No Sistema Único de Saúde (SUS) existe o programa Linha Azul, que auxilia no diagnóstico e na cura da doença. Criado pelo Ministério da Saúde, ele é um itinerário terapêutico para homens que apresentam sinais e alterações na próstata. A ideia é que o paciente tenha um caminho a percorrer no sistema, desde a Unidade Básica de Saúde ao tratamento especializado.  

 Em novembro, todas as unidades da Maria Açaí disponibilizam informações sobre o câncer de próstata. Peça a sua e mantenha-se informado!  

 

* Informações oficiais do Instituto Nacional do Câncer (Inca), Ministério da Saúde e Agência Brasil. 

Leia também:

Franquia: o melhor negócio para aposentados?

Gostou? Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
LinkedIn
plugins premium WordPress