delivery-mariaacai-franquias-franchising

Delivery muda resultado do comércio no Brasil

Sumário

Com o aumento das medidas restritivas em diversas cidades do Brasil, em decorrência da pandemia de coronavírus, bares, restaurantes e o comércio em geral tiveram de fechar suas portas. A alternativa para continuar faturando, foi investir no delivery. Quem optou pela estratégia tem o que comemorar.

O Brasil e o mundo foram pegos de surpresa com o fechamento repentino do mercado físico. Por isso tiveram que se adaptar.

De acordo com a Forbes, a tecnologia auxiliou e muito nesse processo de adaptação, e o setor que mais vem se destacando é o alimentício com o delivery de comida.

Recentemente o Sebrae e a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), realizaram uma pesquisa que revelou que antes da pandemia, cerca de 54% dos empresários brasileiros já haviam optado pelo delivery em seus negócios. Por outro lado, durante a pandemia, esse percentual subiu para 66%.

 

Maria Açaí e as plataformas de delivery

O mercado de açaí, um dos que mais crescem no Brasil, também precisou inovar para enfrentar a pandemia e continuar faturando.

A Maria Açaí, maior franqueadora do verdadeiro açaí no país, também registrou crescimento.

“A franqueadora investiu no delivery e expansão das plataformas online, rompeu a exclusividade com o iFood e fechou parceria com a Uber Eats, 99Food e Rappi. Já estamos negociando com as plataformas Delivery Much, Wabi e James Delivery”, explicam os diretores da empresa. (Encontre todos na Google Play Store)

Segundo eles, as vendas via delivery registraram um crescimento de 21% no faturamento dos franqueados Maria Açaí. A empresa ainda registrou aumento de novas franquias comercializadas na fase mais acirrada da pandemia.

 

Transformação digital

Para Vitor Magnani, presidente da associação Brasileira Online to Fofline (ABO2O), e do Conselho do Comercio Eletrônico da Fecomercio/SP, a transformação digital no setor alimentício veio para ficar.

“Mesmo no pós-pandemia, estabelecimentos deverão manter as duas formas – física e online – funcionando perfeitamente para entregar a melhor experiência para o cliente”.

Segundo ele, o delivery não é algo passageiro e os empresários precisam ver isso com bons olhos.

 

Leia também:

Maria Açaí no Guia de Franquias 2020-2021 da Associação Brasileira de Franchising;

Investir em Franquias — Conceitos e comparação com outros investimentos.

 

Baixe grátis:

 

Leia também:

Franquia: o melhor negócio para aposentados?

Gostou? Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
LinkedIn
plugins premium WordPress